segunda-feira, 27 de março de 2017

Gradeamento da Guarda e Janelas da Lousã

Sobre o projecto de remodelação dos antigos Paços do Concelho da Guarda, na Praça Velha, diz o arquitecto projectista:
1 – “O gradeamento é um acessório sem qualquer valor patrimonial.
2 – “A intervenção a decorrer foi completamente licenciada pelas entidades competentes, nomeadamente a Direcção Regional de Cultura do Centro e a Direcção Geral do Património Cultural.
3 – “O projecto foi submetido, apreciado e alterado de acordo com alguns pareceres na altura”
4 – “Nem podia ser de outra maneira, lembrando que coordena uma equipa multidisciplinar na qual somos todos responsáveis”.
5 – “No aspecto legal e patrimonial, o projecto está salvaguardado”
6 – “Tudo o resto é uma questão de gosto”
7 – “Confirma a retirada do gradeamento dos arcos do piso térreo, que classfica acessório sem qualquer valor patrimonial, porque diz nada ter a ver com o desenho original do edifício construído na época filipina. É um acrescento datado de meados do século XX, motivado na altura por política de segurança.
8 – “O edifício tinha sido praticamente reconstruído entre os anos 40 e 50, quando também a Sé Catedral foi submetida a uma profunda intervenção no exterior”.
(In Rádio Altitude)
E a Memória dos Guardenses de Hoje não conta para o Senhor Arquiteto? Será que o Património Imaterial da Guarda é para deitar ao lixo?
E será legítimo o autor do projecto dizer que o gradeamento não tem valor patrimonial, mesmo dizendo que tem uma equipa multidisciplinar?
Isto poderia levar a outra discussão: O que é património? Quem pode declarar se é ou  não é património? Há regulamentos, bem sei, mas... há sempre caminhos para contornar.
Agora compare:
“A Direcção Regional de Cultura do Centro não tem dúvidas: As janelas da Câmara da Lousã (edifício não classificado) devem ser alteradas. As janelas de quadrícula reduzida foram substituídas por caixilharia em PVC com vidro duplo” o Edifício encontra-se na zona de protecção do pelourinho”
(Ler notícia completa em In jornal Público de 24 de Março de 2017)
(https://www.publico.pt/2017/03/24/local/noticia/direccao-regional-da-cultura-determina-alteracao-nas-janelas-da-camara-da-lousa-1766311)

domingo, 26 de março de 2017

Estação do Barracão

Barracão, Estação do Barracão, atenção senhor passageiro:
Se quiser saber o horário dos comboios marque 1
Se quiser saber se ele pára na estação marque 2 e fale com o Maquinista
Se quiser saber como comprar o bilhete marque 3 e fale com Revisor
Se quiser saber o atraso marque 4 e fale com o Ministro das Infraestruturas
Se quiser saber o futuro da estação marque 5 e fale com o Presidente da Junta
Se não quiser saber nada marque 6 e fale com o Presidente da Câmara
Se estiver bem sentado marque 7 encomende uma pizza, e convide os Assessores

sábado, 25 de março de 2017

O que valem os Deputados Europeus?

O que valem os Deputados Europeus? J. C. Juncker responde
“Depois da apresentação do Livro Branco sobre o futuro da União Europeia e das intervenções dos eurodeputados, Jean-Claude Juncker insurgiu-se esta tarde no Parlamento Europeu ao fim de ouvir críticas à proposta da comissão”.
 “Devo dizer que os debates se seguem e se assemelham uns com os outros. Os debates no Parlamento Europeu têm uma especificidade: ninguém ouve aquilo que os outros dizem e os deputados só leem o texto que prepararam. Será que isto é um debate? De forma nenhuma, antes pelo contrário”, afirmou o presidente da Comissão Europeia”.
E concluiu com um valente “merda”.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Relva nas Rotundas

O uso e abuso de relva nas rotundas, trás quase sempre um problema de manutenção.
Quando há água disponível tudo vai bem, quando não há água a relva verde transforma-se naturalmente em relva amarela.
É o que está a acontece em algumas rotundas, novas, em que o corte não é acompanhado de rega e depois é o que poderá adivinhar, a morte da relva.
Felizmente que a chuva e a neve vieram dar uma ajuda.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Requalificação do Jardim José de Lemos: 2ª fase?

Postal – Jardim José De Lemos. Anterior a 1950
A história já contada sobre o concurso, valor base, valor real, valor baixo, valor alto, adjudicações directas e outar coisas.
Estão a ser assim as adjudicações na requalificação do Jardim José de Lemos:
1 - Em 22 de Agosto de 2016 foi adjudicada a obra de requalificação do Jardim por 292 414,75 Euros sem IVA, e o contrato não diz que é a 1ª fase, nem se refere a fases seguintes.
2 - Em 22 de Março de 2017, exactamente 7 meses depois e ao mesmo fornecedor, foi adjudicada a 2ª fase das obras por 105 000,01 Euros sem IVA. Um cêntimo acima de 105 mil Euros, que número estranho. O valor base era de 175 mil Euros.
Será que aconteceu um erro de projecto de 25%?
Quinhentos mil Euros com IVA numa pequena requalificação de um jardim?
Nota pós mensagem: O valor base do concurso para esta obra foi de 434132,83 Euros e foi adjudicada por 292414,75 euros e depois por mais 105000,01 euros.  Há qualque coisa que não está bem.

quarta-feira, 22 de março de 2017

CDS rejeita coligações com PSD no Distrito da Guarda

“A Comissão Política Distrital da Guarda do CDS-PP deliberou não integrar qualquer coligação com o PSD, no distrito da Guarda, para as Eleições Autárquicas de 2017”.
E porquê? Porque:
“Era necessário que por parte dos sociais-democratas houvesse respeito institucional pelo CDS e que fossem considerados os resultados eleitorais autárquicos de 2013, mormente na definição da liderança das coligações. Nem a primeira nem a segunda foram cumpridas pelo PSD da Guarda”
“Além de não aceitar a liderança do CDS no concelho da Meda, o PSD demonstrou, ainda, um total desrespeito institucional pelo CDS, chegando ao ponto de querer impor nomes em representação do CDS»
«Embora estivéssemos já habituados àquela falta de respeito do PSD pelo CDS, como no caso do não cumprimento do acordado em Gouveia, ou na governação municipal da Guarda onde a nossa concelhia nunca foi ouvida e achada fosse para o que fosse, nunca poderíamos aceitar que a distrital do PSD impusesse nomes em nome do CDS».
“Por isso o CDS concorrerá às eleições autárquicas de 2017 em todos os concelhos do distrito, abrindo as suas listas a independentes e a todos quantos queiram defender o progresso e o bem comum das suas gentes e localidades».

terça-feira, 21 de março de 2017

PREC-RV-POC-EJ-IEFP-SSMJS-JJL-JM

PREC-RV-POC-EJ-IEFP-SSMPS-JJL-JM, são tudo siglas ligadas ao trabalho. Uns inventam postos de trabalho e outros que contribuem para o preenchimento desses lugares.
Tem havido uma corrida interessante nesta luta pelo emprego, talvez se compare com a meia maratona mais alta do país.
Já preenchidos os lugares no jardim da saúde, as atenções viram-se agora para o jardim municipal.
Muitas caras novas se passeiam entre os dois jardins, mostrando os seus likes diários. É o emprego que lhes está atribuído. Fazer likes e fazer número.
E nos jardins, não havendo que fazer há sempre um bom café, para beber e para dar à língua.