terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Mobilizar contra alguém

Pinto da Costa e José Mourinho introduziram em Portugal a gestão de emoções utilizando o lema “motivar contra alguém”. Deu resultado enquanto foram capazes de mobilizar os meios de comunicação social e os seus simpatizantes na difusão das suas guerras contra o mundo que estava centrado em Lisboa.
Passos Coelho, bom aluno de vários mestres, seguiu-lhes os passos e criou várias guerras e motivações, “Privados contra Públicos”, “Jovens contra Reformados”, “Alunos contra Professores”, “Pobres contra Ricos” entre outras.
António José Seguro, também bom aluno inventou as guerra “O Interior contra Lisboa” e com isso quer atingir António Costa que é Lisboeta.
Infelizmente estas guerras apenas acirram os ânimos dos seguidores mais ferrenhos e provocam feridas muitas vezes incuráveis ou só se curam quando as garras forem cortadas, ou por morte natural ou por incapacidade física.
Dizer que os Governantes são de Lisboa e não estão em Lisboa é o resultado de uma profunda amnésia que o faz renegar o seu passado de Deputado e Governante do Interior e esquecer-se dos muitos colegas de “profissão” que teve ao longo da sua longa carreira política.
Já agora um desafio: Elenque sff as obras que conseguiu para o seu Interior Beirão, nomeadamente o seu Distrito da Guarda.
Já agora para clarificar, se ainda não estiver clarificado, sou contra António José Seguro. 

Apresentação de cumprimentos

O fotógrafo estava lá para documentar a apresentação de cumprimentos do Presidente da Câmara da Guarda, Álvaro Amaro, a D. António Moiteiro, novo Bispo de Aveiro e natural da Diocese da Guarda
(Foto: Município da Guarda, a Guarda por si)

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

Já se nasce banqueiro

Confirma-se, quem não nasce banqueiro, nunca saberá gerir um banco.
Vítor Bento, não era banqueiro, era economista, aguentou dois meses na gestão do BES/Novo banco.
O novo gestor, Eduardo da Cunha, já é banqueiro e deve ter nascido banqueiro, e não sei se teve tempo para estudar outra coisa.
A biografia posta a circular pelos seus seguidores e comentadores, diz-nos que ele tem 51 anos e 30 de banqueiro, quer dizer que aos 21 já era banqueiro e ouvi dizer a M.R.SOUSA que ele andou na escola do banqueiro Osório Horta.
Bem-vindos Senhores banqueiros, os bancos continuam ansiosos pelo vosso trabalho, não são precisos economistas e financeiros.
Nota boa: É curioso a posição de alguns comentadores especialistas em economia que colocavam Vítor Bento como o homem certo, no lugar certo, no momento certo e agora, depois da demissão, não passa  um economista poeta sem nada de banqueiro. Esperemos que daqui a alguns dias não venham dizer o mesmo do novo gestor.

Sede do PNSE – Parque Natural da Serra da Estrela


domingo, 14 de Setembro de 2014

O Presidente da Concelhia PS

Em declarações à “Rádio Altitude” e transcritas em notícia, o Presidente da Concelhia do PS afirmou:
“Em relação à perda da Câmara da Guarda considera que ninguém se pode retirar do que aconteceu”
“É sobre a concelhia que recai a responsabilidade de reabilitar o partido depois da pesada derrota”
“Não tem sido fácil reabilitar o Partido: existe alguma desmotivação, não vale a pena negá-lo”.
“O presidente da estrutura não acompanha o anúncio, feito pelos vereadores socialistas na autarquia, do começo das hostilidades na oposição”.
“Nós só queremos ter o poder se acharmos que conseguimos fazer mais e melhor”
“Não vale a pena com um ano de mandato estarmos a extrapolar”
“Vale a pena no final fazermos as contas e percebermos os que está pior e o que está melhor
“Só vale a pena fazermos isso se acharmos que conseguimos fazer mais e melhor pelas pessoas e pelo concelho.
Perante estas declarações podemos constatar:
1 – Os Autarcas na Câmara da Guarda estão entregues a si mesmo e não há coordenação, quer com a Concelhia, quer com a Distrital.
2 – Neste momento o PS da Guarda não tem nenhum político capaz de disputar as eleições a Álvaro Amaro
3 – O Presidente da Concelhia atirou a tolha ao chão e desistiu de ser líder.
4 – O Presidente da Concelhia está sem condições para continuar pelo que disse e pelo apoio que deu a António Costa, aparentemente contra a vontade de muitos militantes, entre os quais os históricos.
5 – Como Álvaro Amaro é um profissional da política e como na Guarda não há profissionais da política com capacidade para o derrotar, só vejo uma solução: António José Seguro.
Se António José Seguro perder as eleições primárias tem aqui, na Guarda, um bom desafio para mostrar o amor que tem pelo Interior e sendo ele militante na Concelhia da Guarda, nada melhor do que ele para derrotar Amaro.
6 – Espero por isso que Seguro seja o grande líder da oposição a Amaro nos 3 anos que faltam para as eleições Autárquicas e no próximo ano seja o cabeça de lista da Guarda às eleições para a Assembleia da República.

V.N. Tazem: Duas Associações com história

As duas Associações que as fotografias mostram têm apenas uma coisa em comum: Ambas terminaram a sua actividade.
Em Vila Nova de Tazem, ambas as Associações, Club Boa União e Centro Dr.António Borges, tiveram uma vida pujante.
O primeiro era conhecido por ser o club dos ricos, média burguesia e dos estudantes, enquanto o segundo era do operariado, comércio, artistas e pequena burguesia.
A sede do “Clube”, como era conhecido, foi recuperado para a sede da Banda Filarmónica.
A sede do “Centro”, como era conhecido, foi recuperada para sede do Club de Futebol os Vilanovenses.
A história destas duas Associações ainda estão por fazer e os que conheciam bem o historial ou já desapareceram ou começam a perder a memória. A documentação deve ter-se perdido definitivamente com a transformação das duas associações ao longo do tempo.

sábado, 13 de Setembro de 2014

A Banda Filarmónica de V. N. de Tazem

A Banda Filarmónica de Vila Nova de Tazem, fundada antes de 1863, por ela passaram Maestros de renome: Mestre Norberto Garcia, Padre José Brizida, Manuel Primo, Padre António Rodrigues, José Rodrigues da Costa Pinto, Armando Rodrigues Costa Pinto, José Carlos Penicheiro, António Rodrigues da Costa Pinto, Francisco Pinto Martins, Nélson Manuel Torres Martins.
(Da página oficial da Banda Filarmónica de Vila Nova de Tazem)
A Freguesia de V. N. de Tazem homenageou dois dos seus mais prestigiados maestros, duas gerações, atribuindo a duas ruas os seus nomes, José Rodrigues da Costa Pinto e Armando Rodrigues da Costa Pinto.
Atualmente a Banda tem a sede na antiga sede do Club Boa União que entrou em decadência nos anos 70 do século passado.

O Comissário Europeu Moedas

O Governo escolheu Carlos Moedas para Comissário Europeu, o Presidente da Europa deu-lhe uma pasta.
Poderiam ter-lhe atribuído a pasta do Mar, já que Portugal é dono do maior espaço marítimo da Europa, essa pasta foi atribuída ao Malteses que têm o Mar Mediterrâneo.
Atribuiu-lhe a pasta da Inovação e Tecnologia, não se percebendo a intenção. Se Moedas conseguiu acabar com o “Plano Tecnológico” em Portugal será capaz de iniciar um programa Europeu?
No Organigrama ele aparece na 5ª e última linha. Será essa a importância que lhe foi atribuída?
Dizem os comentadores pró-Moedas que lhe foi atribuída uma “pipa de massa”, isto é 80 mil milhões de euros que representa 7% do orçamento. Esta “pipa de massa” não é assim tanto, se há 20 comissários, cada um teria direito a 5% da “massa”, o Moedas ter 7% não é assim tanto, sabendo que alguns não têm “massa” nenhuma, há outros que têm muito mais.

sexta-feira, 12 de Setembro de 2014

Escola Profissional da Guarda

“A Fundação Augusto Gil vai comprar o edifício na Rua Comandante Salvador do Nascimento, onde funciona a Escola Profissional da Guarda, por 870 mil euros. O contrato com o administrador de insolvência do grupo Gonçalves e Gonçalves está assinado e falta obter o empréstimo bancário”
(Notícia do Jornal O Interior”)

Gabinete do Munícipe

O Executivo da Câmara da Guarda anuncia a criação do Gabinete do Munícipe como uma coisa muito importante para os Guardenses.
Infelizmente estes gabinetes só servem para isolar ainda mais os munícipes dos funcionários e dos eleitos.
Por alguma razão uma boa parte dos gabinetes criados, chegaram ao fim, sem apresentar resultados assinaláveis.
Desejamos sorte aos Munícipes com este novo serviço.

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Página do Turismo do Centro

Finalmente o “Turismo do Centro” actualizou a página da Serra da Estrela.
Eu ia corando de vergonha com o que mostram.
Convido a ir ao sítio e explorar a página:

Postais da Serra da Estrela

Quem sabe onde fica isto? Nada nos é dito nos postais. Será “Fotoshop”?

quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

The Long Weekend Guarda 14

The Long Weekend Guarda 14
A blue painted the historic center.
A party for the British to see?
Organization of the Commercial Association of Guarda
 (PS: Acho bem a iniciativa, não percebo esta nova apetência pelo inglês como língua oficial da Guarda. Tradução Google. PS: I think the initiative as well, I do not understand this new appetite for English as the official language of the Guard)

Afinal ele fala

José Albano Marques, líder da Distrital do PS da Guarda, já dá entrevistas. E o que disse segundo a “Rádio Altitude”?
“Está disponível para «tudo o que o partido me pedir”
 “Tem ocupado todos os cargos, até hoje, por vontade dos militantes”.
 “Reconhece que a derrota nas autárquicas na Guarda, em 2013, foi um dos piores momentos que o partido viveu mas rejeita responsabilidades directas”.
“Quer desde já ajudar a «construir as pontes necessárias para reunificar a família socialista e apresentar uma solução que ambicione a reconquista do antigo bastião”
“O actual presidente da autarquia guardense limita-se, na leitura de José Albano, a fazer festas e a inaugurar as grandes obras que o PS tinha em curso”.
“Para trás fica a má experiência, cuja responsabilidade atribui ao PS concelhio, que devia ter encontrado uma solução onde todos pudessem encontrar o seu espaço dentro do projecto”
“José Albano Marques também quer inverter o mau resultado nas legislativas de 2011 e recuperar pelo menos um deputado para o PS”
“A Sede do partido na Guarda é da federação distrital e que outros órgãos, como a comissão política concelhia, têm apenas direito a espaços cedidos”.
Deste discurso retenho três factos:
Facto 1: José Albano não teve responsabilidades na derrota do PS para a Câmara da Guarda, foi a concelhia. Afirma que teve responsabilidade nas vitórias em nos concelhos do Distrito onde o PS ganhou.
Facto 2: não teve responsabilidade na estrondosa derrota do PS para a Assembleia da República, não conseguindo ser eleito, o culpado foi Sócrates.
Facto 3: A concelhia do PS está por favor na sede distrital e a qualquer momento pode ser despejada, é só ele querer.