segunda-feira, 27 de abril de 2015

O Comentador acha que… Projectos de Desenvolvimento

O Comentador acha que na CCDRC – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro e nas outras CCDR, os técnicos, que não são escrutinados, nem são nomeados e escolhidos pela sua competência,não deveriam ter poderes de aprovar ou reprovar projectos, apenas deveriam dar pareceres, as decisões deveriam ser políticas.
Não é assim, eles são poderosos e têm o poder da distribuição.

O Programa de António Costa

Depois do silêncio, do deserto de ideias, do sem nada para oferecer, do sem programa com que António Costa era acusado pelos da situação, aí está um projecto económico para Portugal.
A resposta foi rápida mas não fulminante. Finalmente qualquer coisa, é mais do mesmo, é voltar à troica, os números estão errados, não sabe fazer contas, é preciso que comissões independentes escrutinem o programa, não tem nada de educação, nem de cultura, nem de saúde.
Pelo menos para uma coisa serviu apresentação do programa: PSD e CDS anunciaram o casamento que deve ser validado quando na próxima quarta-feira juntarem os seus órgãos políticos.
Afinal não se quer discutir nada.
A campanha eleitoral parecia ter começado, mas parece qua acabou. A discussão morreu quando se abdicou de analisar.

domingo, 26 de abril de 2015

Ainda há Políticos assim

Um Fim-de-semana.
Passeio pela rua de uma grande cidade, ao longe vejo alguém, em sentido contrário ao meu, parece uma cara conhecida, vem só.
Quando nos cruzamos, o homem deseja-me boa tarde, e eu respondo da mesma maneira.
Nesse momento, voz e cara juntam-se e fazem a pessoa. É o Presidente da Câmara dessa cidade.
Nem em todos os lados se pode dizer o mesmo.

Inauguracion de una oficina de turismo en Calle Zamora – 1

Con la asistencia de los presidentes de las Cámaras Municipales deAlmeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã , Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão , Gouveia, Guarda, Manteigas, Meda, Pinhel, Sabugal, Seia y Trancoso, la apertura de la oficina fue todo un acontecimiento en las cercanías de la Plaza Mayor dada la alegría y la invitación degustar los productos tradicionales así como su vino de alta calidad.
Antes de entrar a describir el encanto de esta zona de frontera, merece elogiar la presencia del concejal de Turismo del Ayuntamiento de Salamanca, Julio López Revuelta, quien acompañó a los dirigentes portugueses. Ahora bien, es lamentable, inaudito y una indecencia que no estuviera presente el presidente de la Diputación de Salamanca, Javier Iglesias, cuando desde esa institución provincial se debe favorecer la cooperación transfronteriza. Cuando no se cree en la misma, ocurren estos desplantes vergonzosos. Ni un simple diputado apareció por el lugar… Una explicación deberían ofrecer desde la Diputación de Salamanca a los salmantinos por decencia, y a los portugueses por verguenza.
Allá ellos, no esta provincia que no se lo merece, porque se perdieron las actuaciones del Grupo de Animación Medieval de Belmonte –que nos trasladaron a los tiempos de los descubrimientos-, como el grupo de figurantes de Soldados de Almeida, los animosos y animados jóvenes de la Tuna Académica da Universidad de A Beira Interior –Tuna Mus, de Colvilhã-, del grupo Rosinha de Guarda con su música más tradicional, así como los ricos sabores de los alumnos de la Escuela Superior de Turismo y Hostelería de Seia…

sábado, 25 de abril de 2015

25 de Abril na Guarda

A loja “O Barateiro” mantém a tradição de engalanar a sua montra com temas alusivos ao 25 de Abril e à República.
Não é apenas tradição, também é convicção e é um legado familiar, passa de Pai para Filha.
A cidade, mais uma vez, passou ao lado desta data, nem o almoço na Sequeira, nem o hastear da bandeira, nem as inaugurações e assinatura de “outorgas” disfarçam a pobreza das comemorações.

Confissões religiosas

A Cáritas Diocesana da Guarda e o CLAII - Centros Locais de Apoio à Integração de Imigrantes realizaram uma tertúlia no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda, “Elos Inclusivos” colocando em confronto as culturas Judaica, Católica, Ortodoxa, Muçulmana e Sikh (Índia).
Todas religiões monoteístas

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Cravo de Abril

Os Cravos de Abril ainda não murcharam, estão a mudar de forma e a ficar mais estilizados e feitos em série, a nova geração de pretendentes a governantes dirá que são mais sofisticados

Relembrar José Afonso

Fotografia de uma parede do Café Brasileira em Coimbra, onde José Afonso escreveu os vampiros.
Sempre actual, Afonso e as suas canções 
A Brasileira recorda sempre, nós de quando em vez

Os Bufos estão de volta?


Gralhas atacam Bufos
Foto: "Uhu im Flug" por Torsten Bolten - Obra do próprio.
Licenciado sob CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Uhu_im_Flug.jpg#/media/File:Uhu_im_Flug.jpg
Quem tem cartões de crédito ou débito e os utiliza, quem tem via verde e a utiliza, quem pede facturas com número de contribuinte, quem utiliza telemóvel, quem utiliza as redes sociais, está permanentemente a ser vigiado. Pode haver muitas instituições a saber da nossa vida.
É evidente que isso é possível apenas com o nosso consentimento, nós sabemos que ao utilizar todos estes meios que nos põem à disposição, podem saber tudo sobre nós.
Há agora uma coisa nova que me preocupa e deve preocupar os Portugueses.
Há um jornal que parece que sabe tudo sobre todas as pessoas. Poderemos pensar quem tem uma legião de “Bufos” de olhos bem abertos prontos a narrar a nossa pequena vida.
Os mais velhos ainda se devem recordar dos “Bufos” do antigo regime. Andavam sempre à espreita e não tinham contemplações por ninguém.
Cuidado com estes novos seres.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

As Contas da Câmara

Foram ontem aprovadas as contas da Câmara referentes ao ano de 2014.
Segundo o Jornal Terras da Beira “De acordo com o documento, a dívida total reduziu de 51 milhões 840 mil euros (1 de Janeiro de 2014) para cerca de 42 milhões 302 mil euros (31 de Dezembro de 2014)”.
Há aqui matéria para explicar ou houve um milagre:
Em Outubro de 2013 a dívida da Câmara, segundo a Auditoria, era de 91 milhões de Euros.
Em 31 de Dezembro de 2013 a dívida da Câmara, segundo as contas da Câmara, era de 51,8 milhões de Euros.
Em 31 de Dezembro de 2014, nas contas agora apresentadas, a dívida da Câmara é de 41, 3 milhões de Euros.
Em 2 meses e meio no ano de 2013 a dívida foi reduzida em 40 milhões?
Durante o ano de 2014 a dívida reduziu 10 milhões?
Ora expliquem lá SFF, o Munícipes querem saber.
Nota: O PS e o seu Vereador José Igreja apresentaram finalmente a sua leitura da auditoria da Câmara e os seus 91 milhões. Como se previa, tal como foi mostrado nas contas deste ano, os 91 milhões de dívidas nunca existiram, era só manipulação. As contas oficiais são verdadeiras e não havia nada escondido. É pena que a Comunicação Social que na altura encheu primeiras páginas com os 91 milhões, agora passe por cima da verdade e coloque como dívida os cerca de 53 milhões.
Confirma-se que a redução do passivo não é milagre é manipulação dos números e já se questiona a redução de 9 milhões da dívida de 2014.

Rotunda das Finanças

Rotunda junto ao edifício "Finanças" no entroncamento da Rua dos Bombeiros Egitanienses e Avenida Monsenhor Mendes do Carmo

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Salamanca: Capital da Comunidade Intermunicipal

Praça Maior de Salamanca, Foto:Spain.info
Hoje é um dia grande para a CIMBSE - Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, vai ser inaugurada uma loja para a venda e promoção das coisas de cá, da Comunidade, incluindo o Turismo.
A cerimónia conta com todos os Presidentes de Câmara da Comunidade, mais as respectivas comitivas.
Foram disponibilizados meios de transporte para outros acompanhantes, nomeadamente a Comunicação Social.
A loja fica situada na Calle Zamora, 1 – Salamanca, junto à Plaza Mayor.

O Comentador acha que… Cultura

Retábulo da Sé da Guarda, atribuído a João de Ruão
O Comentador acha que o Governo quer libertar-se a todo o custo da cultura e dos meios físicos e humanos que a suportam, teatros, museus, centros culturais, grupos, associações.
Na Guarda o Ministro da Cultura já se libertou da Sé e impôs que a abertura e o en cerramento fique a cargo da Diocese e sugere que se pague a entrada na Sé para custear os funcionários necessários para a manter aberta.
O passo seguinte, se houver tempo, é o Museu que passará para a gestão da Autarquia.
O comentador acha que sobre isto, acha muita coisa, mas não pode, não quer, ou não sabe achar e por isso remete para melhores “achadores” que continuam a proliferar nos meios de comunicação social da Guarda

terça-feira, 21 de abril de 2015

O Comentador acha que… Hotel Turismo

O Comentador acha que se deveria apurar se houve políticos locais a fazer tudo para que o projecto do Hotel Escola da Guarda não avançasse.
O Comentador acha que havia condições para o projecto avançar, o “Turismo de Portugal” tinha dinheiro suficiente, e havia gestores interessados em pegar no Hotel depois das obras concluídas, a decisão foi política, para prejudicar a Guarda.
Notas finais: O Comentador também acha que discutir o autor da nova requalificação da Rua do Comércio é conversa de tasca, também acha que a proposta não aceite de comprar o Hotel Turismo por um particular foi conversa de café 

O Comentador acha que… Paulo e Marcelo

O Comentador acha que o candidato a candidato Paulo Morais tem razão quando diz que as eleições são um “concurso para a escolha do maior mentiroso”, talvez por isso ele se perfile como um dos primeiros candidato a candidato.
O Comentador acha que a informação do jornal expresso que diz que Marcelo Rebelo de Sousa só vai ficar com os comentários da TVI, deixando o seu périplo pelo País só mostra que ele continua inteligente e oportunista. Como candidato não se cansa em jantares enfadonhos e sempre iguais na ementa e nos participantes e ao ficar na TVI tem mais audiência e ganha muito mais dinheiro.